INDAGAÇÃO
 
Gui Oliva
 
Um vento gelado assopra e arrepia
acompanha aquela chuvinha que,
persistente, chora e inferniza,
não poderia a dupla transformar-se
em sol e quente brisa?
 
Dois que teimam nessa insistência
de  me fazer sofrer o frio do inverno
numa primavera de impaciência
que não há quem aguente.
 
Eu, certa de que não tenho resistência,
digo... ser brisa eu quero
e indago ao calor rimando certo,
com amor, ou ao sol que espero,
 aparecerá alguém que me esquente?
 
Santos/ 03/11/06

 
 
RESPOSTA
 
Guida Linhares
 
 
A chuva que cai e machuca
assim como o vento frio
que fustiga a tua alma,
são apenas passageiros.
 
De um tempo finito,
que ao dobrar dos sinos,
se transformará em mil sóis,
que luzirão em esperança.
 
Teu coração se aquecerá,
e o horizonte irá desvelar,
um amor fiel mensageiro,
que te fará sentir criança!
 
Santos, 05/11/06
 
 
 
Guida  e Gui
 
 
 

Som : A distância

 

  Sharing..............Nelly
   
 
font DreamSpeak
artwork by Andrea Koupal
(letter for personal use only)